Dia 64 – Uma Nova Terra Prometida

O Livro

Josué, 1:8 – Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.

 

Deus é, antes de tudo, uma inspiração. Ele sopra nos ouvidos o doce néctar sobre tudo que nos aflige, tudo o que nos sucede. Ele é a luz que ilumina o mundo para que nossos olhos o percebam além dele mesmo. 

 

As intempéries da vida são as nossas oportunidades de, aprendendo com elas, construirmos uma sabedoria que nos permitirá gozar, ao final da jornada, da presença de um Deus que nos completa e que se completa em nossa presença. A dualidade do pertencimento é a mágica que torna a vida racional e lógica, sustentando os pilares da existência do homem. Nada mais humano que perceber a existência de um ser sobre-humano que completa e dá significado à própria existência. Sim, sim, Deus é parte integrante e não exterior. Entretanto, respeitoso de nosso livre arbítrio, Ele aparece-nos como guia por sua inspiração. 

 

A palavra de Deus no livro é simplesmente a tradução da sensação nascida dos lábios dessa inspiração. Ela delineia como entendemos esse pertencimento, e como é possível passar uma parte ínfima da experiência do ceder ao sopro nos ouvidos. Manter essa palavra na boca e meditar intermitentemente sobre ela é trazer para perto esse Deus, comungando com ele as decisões que nos levam à essa sabedoria. 

 

Nada humano é infalível. Da mesma forma, nossa ação é igualmente inexata, mesmo quando inspirada. Dúvidas, medos, receios, tudo isso nos faz sermos quem somos e isso tem a sua beleza pois, dinâmica, transmuta-se numa evolução sábia rumo a nosso destino. Independente de nossa vontade, nossa vida nos leva a esse destino, quer queiramos ou não.

 

Prosperidade e sucesso são ditos neste texto. O que são de fato? Dinheiro? Felicidade? Por mais que falsos profetas preguem isso, que Deus quer-nos ricos, eu tenho para mim que este não é o plano. Basta imaginarmos que o que nos cerca é um mundo criado pelo homem que, pelo poder, controla outro homem. Se voltarmos ao Gênesis, veremos que ao homem foi dado o controle da terra, mas não do homem. O exercício dos tribunais de Moisés para atravessar o deserto não era dado pelo poder financeiro de cada um dos juízes, mas pelo poder da sabedoria.

 

E como esse exemplo existem vários outros nas leituras até aqui. Então, a que Josué refere-se como prosperidade e sucesso aqui? Ao subir ao monte e ter com Deus, Moisés trouxe as tábuas das leis que deveriam ser seguidas para que se atingisse a Terra Prometida, o lugar onde o alimento seria o necessário, assim como o Maná o era, e que era possível ser livre, longe do julgo do povo egípcio que escravizava os filhos de Jacó. Deus aqui está mostrando o caminho para que a vida se realize, nutrindo-se e tendo a liberdade de exercer seu arbítrio. Pelo pão nosso corpo não perece, e pela liberdade a mente evolui. Simples. 

 

A prosperidade e o sucesso, enfim, são aquele momento em que temos a capacidade de vivermos conforme o plano inicial de Deus, em que nada nos falte para que a carne sobreviva, e que andemos por caminhos livres para que o sopro se perceba parte de um todo maior que ele mesmo. 

 

Seguir a palavra expressa de Deus, cedendo à inspiração e a espiritualidade que completa a carne, é buscar entrar nessa Terra Prometida, onde o pão farta para alimentar as entranhas, e o caminho seja guiado pelo pastor e seu candeeiro. Ainda assim, enfrentaremos pedras que nos perseguirão, mas haverá a sabedoria que nos tornará, paulatinamente, maiores do que somos. Essa é a força que nos leva para dentro de nossa essência, tornando-nos de vapores em densos metais. 

 

Essa é a verdadeira prosperidade. Esse é o verdadeiro sucesso. 

 

Que Deus nos permita seguir suas leis e, principalmente, meditando-as, compreendermos a essência de seu poder e sua operação como inspiração em nosso cotidiano. 

 
Atingir a densidade da alma que nos permita mergulhar em seu jarro. Isso é o que nos espera se vigiarmos por sua perfeição.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s